segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Uma Série de Seriados - Cosmos: A Space-time Odyssey

Lembram da série Cosmos? Pois é, eu também não. Só ouvi falar, nunca vi de verdade. Foi um programa apresentado pelo Carl Sagan na década de 80 que falava sobre ciência, abrangendo desde a Teoria do Big Bang até a Teoria da Evolução das Espécies. Na época fez muito sucesso, foi uma das ferramentas mais eficazes de divulgação científica ever.


Mais de 30 anos depois, eis que surge ela novamente, trazida à vida graças à ajuda de um velho conhecido nosso: Seth MacFarlane (criador do Family Guy, Ted, essa cambada toda). Completamente remodelada, mas retendo o espírito criativo e instigante da série original, ela é apresentada por um outro conhecido nosso: Neil deGrasse Tyson. Não lembra dele? Foi o principal responsável por rebaixar o posto de Plutão. Nada ainda? Então com certeza você lembra disso aqui:


Através de efeitos especiais estonteantes e de uma narração apaixonada, diferente daquelas monótonas que predominam em documentários, o programa apresenta o universo de uma maneira única, atualizando o roteiro com as descobertas científicas mais recentes. O que mais me chamou a atenção, no entanto, foi a forma que encontraram para falar sobre os grandes pensadores da ciência, muitos dos quais eu nem havia ouvido falar. As histórias de Newton, Halley e muitos outros nos são contadas através de animações muito caprichadas. Sérias, bonitas e cativantes.

Nos tempos obscuros em que vivemos, "Cosmos: A Space-Time Odyssey" coloca a ciência em foco com maestria mais uma vez. É um sopro de esperança, indicando que é possível, sim, investir em conteúdo de qualidade e inteligência na televisão.