terça-feira, 21 de outubro de 2014

Assim na Terra como no Inferno!

Eu adoro trailers. Eles fazem (quase) qualquer filme parecer muito legal e me dão uma tremenda vontade de ir ao cinema. Tem gente que não gosta justamente por isso (a Renata é uma), prefere não criar expectativas e não saber do que se trata a história. Pois bem, hoje eu vi o trailer de "Assim na Terra como no Inferno". Ótimo nome, diga-se de passagem. Mas eu fiquei meio...

É...
O trailer é muito supimpa (dã!) e a premissa é interessante, mas tem algumas coisas que me incomodaram e me deixaram com um pé atrás. Enumerá-las-ei:

1) A mania desgraçada de filmes found footage. Desde "A Bruxa de Blair" essa praga se proliferou mais rápido do virose de verão e, em 99% dos casos, o filme é uma merrrrrrda. Geralmente são situações absurdas, onde ninguém em sã consciência se preocuparia em apontar uma câmera pra qualquer coisa que fosse, muito menos mantendo um enquadramento bonitinho. Mas não parece (eu espero) ser o caso.

2) Pelo que eu vi no trailer vão ter criaturas bizarras e sustos a torto e a direito. Meus filmes de terror preferidos são aqueles com elementos sutis e um clima mais de suspense. Não me agradam muito monstros exagerados e criaturas de CG fedorento. Muitas vezes uma história caminha bem, mas aí aparece o monstro/ET/demônio e caga tudo. Na maior parte das vezes o psicológico é muito mais assustador do que o visual. Tomara que saibam usar bem todos esses recursos.

3) Esse é semelhante aos monstros: Frequentemente um filme consegue criar uma situação bem tensa e sinistra, mas, por algum motivo obscuro, recorre a efeitos especiais desnecessários, que me tiram da imersão. Estou falando especificamente da cena no carro em chamas. Vejam que situação irada! mas aí...


Vejam o trailer e tirem suas próprias conclusões, mesmo com essas coisinhas eu fiquei com muita vontade de ver o filme. O trailer cumpriu bem o seu papel. Só espero que não seja mais uma decepção que nem Sinais, Cloverfield, Mama...